Anúncio e Compaixão na Catedral NSD

Escreveu o Profeta Isaías (35, 3-4): “Fortificai as mãos desfalecidas, / robustecei os joelhos vacilantes, / dizei àqueles que têm o coração perturbado:/tomai ânimo, não temais! Eis o vosso Deus!”

Essa é a realidade da Pastoral da Mulher – Santa Maria Madalena e da Associação Maria de Magdala, que têm sede na paróquia da Catedral NSD. A primeira tem, em sua missão, apresentar o nosso Deus e a segunda, com atitudes concretas, fortificar “as mãos desfalecidas” e robustecer “os joelhos vacilantes”, a partir da presença do Senhor que caminha conosco.

Na leitura do Livro do Deuteronômio (8, 2-3.14b-16a), proclamada na Festa do Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus, ouvimos que a Palavra de Deus tem o poder de resolver situações humanas desesperadoras. Em nossas realizações voltadas para os direitos à cidadania plena e ao empoderamento das participantes, não abrimos mão de que venha por primeiro a Palavra de Deus.

Nossa pequena comunidade de mulheres em situação de vulnerabilidade permanece unida. Em 11 de março, devido à pandemia, aconteceu na sala azul da Catedral a nossa última reunião em torno da Palavra. Encontramo-nos, contudo, todas as quartas-feiras, no início da noite, através do WhatsApp com mensagem particular de nosso querido pároco, Padre Márcio Felipe, e a bênção. Como é bom receber o retorno de cada uma de que a palavra dele chegou na hora certa. Como faz bem o Padre Márcio Felipe, todas as semanas, reservar um tempo seu para anunciar a elas o Deus que o escolheu e a Quem ele disse sim com convicção. Uma maneira própria dele de fortalecer os espíritos fragilizados e levar esperança e ternura. Seu estilo de vida nos cuidados e em busca de reencantos para cada uma.

Em relação às necessidades pessoais das mulheres do grupo, que são mães ou avós de 57 crianças de 0 a 12 anos, sob sua responsabilidade – além dos adolescentes -, em todos esses meses, desde março, receberam cesta básica para um mês, leite, kits de limpeza e de higiene pessoal e máscaras de tecido com as devidas orientações, fruto da ação solidária de diferentes doadores.

Realiza-se assim, com o incentivo do Padre Márcio Felipe, o lema da Campanha da Fraternidade de 2020 (Lucas 10, 33-34): “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”.

É o viver eucarístico de sair de si para encorajar o outro.

Maria Cristina Castilho de Andrade

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

brasao-pb

© 2019 Catedral Nossa Senhora do Desterro – Jundiaí – SP
Desenvolvido por LAB Brasil Comunicação